Costa queria esperar por auditoria ao Novo Banco sem poder para travar transferência

0

A auditoria em curso feita pela Deloitte ao Novo Banco, assim como a que vai incidir sobre as contas de 2019, não poderá servir para condicionar antecipadamente o empréstimo do Estado ao Fundo de Resolução, para este injectar no Novo Banco. A vontade de esperar pelo resultado da auditoria para transferir o dinheiro, expressa pelo primeiro-ministro, significaria incumprir o contrato com o Lone Star, com risco de litigância para os contribuintes e risco regulatório para o Novo Banco – um cenário que não terá sido articulado pelo próprio primeiro-ministro com Mário Centeno, que no dia 16 de Abril garantira no Parlamento que iria cumprir o contrato.