Segurança máxima na fronteira grega

0

A Grécia decretou o nível máximo de segurança na fronteira com a Turquia perante a ameaça de milhares de migrantes e refugiados que tentam entrar no país e não irá aceitar novos pedidos de asilo durante um mês. Medidas anunciadas pelo primeiro-ministro, Kyriákos Mitsotákis, na tentativa de acalmar a tensa situação que se tem vivido nos últimos dias.

Apostolos Staikos, jornalista da euronews presente no local, refere que “os migrantes atiraram pedras, paus, tudo o que conseguiram apanhar aos agentes de polícia gregos”. Para as autoridades helénicas, trata-se de uma tentativa ilegal de violar as fronteiras da Grécia e as fronteiras da União Europeia, e a resposta tem sido feita com recurso a gás lacrimogéneo e granadas de atordoamento.