«O desafio cultural da missão é hoje grande » e exige «capacidade de escuta e mais disponibilidade dialogante» – D. Manuel Clemente

0

O presidente da Conferência Episcopal Portuguesa afirmou, em Fátima, no encerramento do Ano Missionário, que “missão e oração andam a par”, lembrando que “o desafio cultural da missão é hoje grande”.

Na Missa de domingo, no Santuário de Fátima, que assinalou o encerramento do Ano Missionário Extraordinário, promovido pela CEP, e celebrou os 175 anos do Apostolado de Oração, o cardeal-patriarca de Lisboa referiu que a grande aglomeração quantitativa de pessoas e etnias” nos ambientes urbanos, sem “o reconhecimento mútuo e a comunicação interpessoal autêntica. Por vezes o ‘sair de casa’, em sentido missionário, pode significar virar a esquina e entrar num mundo bem diferente ali ao lado, sustentou.