Ter a coragem de ir avante

0

Com alguma frequência, encontramo-nos tão absorvidos com a internet, a ler notícias, a pesquisar informação, a colocá-la online, a responder aos emails, a ler as newletters que subscrevemos, que nos confrontamos, com imensa dificuldade, em conseguir ler tudo o que recebemos no nosso correio eletrónico. Perante este nosso constrangimento somos forçados a selecionar o que mais nos interessa nas redes sociais, ainda que lamentemos a nossa indisponibilidade forçada, e a ter de eliminar. O tempo é finito. Como narrar o que nos vai no interior, as nossas ideias, se nos encontramos tão absorvidos com as diferentes solicitações e todo o “ruído” existente à nossa volta que não nos permite a concentração. As novas tecnologias absorvem-nos.

O resto deste conteúdo é reservado a Assinantes. Por favor faça . Ainda não é Assinante? Torne-se Assinante!