Escola: «Temos de ser indicadores de esperança» – Fernando Magalhães

0

Fernando Magalhães, presidente da Associação Portuguesa de Escolas Católicas e diretor do Externato Frei Luís de Sousa, em Almada, considera que os professores têm de ser “indicadores de esperança” e que entre a escola e as famílias tem de haver cumplicidade.

“O papel do professor é crucial a estes dois níveis, a paixão e o sentido da verdade, os miúdos procuram muito em nós, nem sempre de forma consciente, o afeto procuram sempre e a identificação, e, neste misto, criam este mecanismo, esta garantia de parceiro é que os leva para um rumo de esperança e nós temos de ser esperança para estes miúdos”, refere em declarações à Agência ECCLESIA.