80 anos depois, presidente alemão pede desculpa aos polacos

0

O Presidente da Alemanha, Frank-Walter Steinmeier, pediu este domingo perdão às vítimas da agressão alemã de 1939, durante uma cerimónia em Wielun, uma vila polaca onde caíram as primeiras bombas da II Guerra Mundial.

“Curvo-me perante as vítimas do ataque de Wielun. Curvo-me pe- rante as vítimas da tirania alemã. E peço perdão”, declarou Steinmeier, em alemão e em polaco, na presença do seu homólogo da Polónia, Andrzej Duda.

A Polónia foi gravemente afetada pelos horrores da II Guerra Mundial, perdendo 6 milhões de cidadãos, incluindo três milhões de judeus.