Cáritas diz que solidariedade com refugiados «deve ser aplaudida, não criminalizada»

0

A confederação europeia da Cáritas, que inclui a organização católica em Portugal, saiu em defesa dos que acolhem migrantes e refugiados no continente, pedindo que estas populações sejam tratadas com “dignidade e solidariedade”.

“Atos de solidariedade que asseguram o respeito pelos direitos e dignidade dos migrantes e refugiados devem ser aplaudidos e encorajados, em vez de criminalizados”, assinala uma nota divulgada pela organização católica de solidariedade e ação humanitária.