Cristãos não amam a Deus como fariseus

0

Igreja em saída

Bento XVI, numa alocução que precedeu a oração do Angelus, em Castelgandolfo, falou da Lei de Deus, que liberta o cristão de egoísmos e interesses pessoais que são hoje “os ídolos” de muitos.

1. Na Bíblia, a Lei não é vista como um peso, mas como a doação mais preciosa do Senhor, o testemunho de seu amor, da sua vontade de estar próximo de seu povo, de ser seu Aliado e escrever com ele uma história de amor:’ Não haveria nenhum problema se o coração do homem estivesse em sintonia com o de Deus. O Papa tomou como exemplo o que aconteceu com o povo de Deus, no deserto, mesmo acompanhado pela Lei divina que Moisés exorta a pôr em prática.

O resto deste conteúdo é reservado a Assinantes. Por favor faça . Ainda não é Assinante? Torne-se Assinante!