Vinho ou limonada?

0

Quem já foi à Terra Santa em tempo quente agradeceu certamente as limonadas que o esperavam à chegada aos hotéis e lojas. É provável que o calor também apertasse no tempo de Jesus e que os limões também por lá existissem, assim como o mel. Faltavam os frigoríficos, mas não as limonadas, imaginamos nós.

Chamou-nos a atenção o facto de Jesus, nas bodas de Caná, ter convertido a água em vinho e não em limonada, ou qualquer outra bebida refrescante, tanto mais que o vinho causa alegria, sim, mas também pode levar a muitos dissabores, se bebido em grandes quantidades. Qual a razão, ou razões, para Jesus ter optado pelo vinho, e de grande qualidade?

O resto deste conteúdo é reservado a Assinantes. Por favor faça . Ainda não é Assinante? Torne-se Assinante!