Maioria prefere “contas certas” à reposição das carreiras. A sondagem TSF/JN

0

Quando colocados perante os dois pratos da balança: de um lado a reposição das carreiras e do outro, as “contas certas”, a resposta é esmagadora: 66% apostam no controlo das contas públicas, apenas 14% consideram “mais importante” a reposição das carreiras dos professores e de outros funcionários públicos.

A preocupação com o controlo das contas públicas percorre todos os eleitorados, registando até mais de 60% de apoio entre os eleitores do Bloco de Esquerda, tanto como entre quem vota PSD e CDS e atingindo o valor mais alto (74%) junto de quem se assume como votante no PS.