Vaticano: Novo documento sobre liberdade religiosa questiona teorias da «neutralidade» do Estado

0

A Comissão Teológica Internacional (Santa Sé) publicou hoje um novo documento sobre a liberdade religiosa, no qual questiona as teorias da “neutralidade” do Estado, falando em “totalitarismo suave”.

“A sua proclamada neutralidade [do Estado] não parece ser capaz de evitar a tendência de considerar a fé professada e a filiação religiosa um obstáculo para a admissão à plena cidadania cultural e política dos indivíduos. Uma forma de ‘totalitarismo suave’, pode dizer-se, que o torna particularmente vulnerável à disseminação do niilismo ético na esfera pública”, refere o texto, divulgado pelo Vaticano, após autorização do Papa Francisco.