Estado cobra mais mil milhões em impostos, com “bom desempenho da economia” e prazos alargados

0

O Estado cobrou mais 10,2% em receita fiscal até março, face ao mesmo período de 2018. O Ministério das Finanças diz que este crescimento “é totalmente justificado pelo bom desempenho da economia e pelo alargamento do prazo de pagamento de impostos no final de 2018”.