Seis pessoas por dia morreram a tentar atravessar o Mediterrâneo em 2018

0

Cerca de 2.270 migrantes morreram ou desapareceram no mar Mediterrâneo em 2018, uma média de seis pessoas por dia, alertou o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR).

No relatório “Viagem desesperada”, o ACNUR indicou que grande parte das mortes ocorreram em naufrágios e só nas rotas da Líbia para a Europa, uma em cada 14 pessoas morreu, representando um forte aumento em relação ao ano de 2017.