Parlamento Europeu reconhece Guaidó como “Presidente interino legítimo” da Venezuela

0

Numa moção, os deputados europeus pediram à chefe da diplomacia europeia, Federica Mogherini, e aos Estados-membros da União Europeia, que “adoptem uma posição firme e comum e reconheçam Juan Guaidó como único Presidente interino legítimo até que seja possível convocar novas eleições presidenciais livres, transparentes e credíveis tendo em conta o restabelecimento da democracia”.

A moção recebeu 439 votos a favor, 104 contra e 88 abstenções.