O poder vulgar e seus contrários

0

Impressões da Terra Brasilis

Um amigo iraniano, amante da liberdade e da mais genuína alegria, sofre porque vive em uma república islâmica autocrática. Certa feita me disse que misturar política e religião, como no Irã, é um desastre. Quando os homens se imaginam intérpretes da vontade divina, como se gerenciassem uma sucursal de Deus na Terra, o desencanto é líquido e certo. Porque o eterno não dissipa seu tempo em picuinhas e o que deveria ser sublime revela-se muito rapidamente raso, chão, puramente humano. É uma pena, porque bem comum e religião andam juntos.

O resto deste conteúdo é reservado a Assinantes. Por favor faça . Ainda não é Assinante? Torne-se Assinante!