Nove mil passageiros vão perder autocarro directo para o centro do Porto

0

A partir de 5 de Fevereiro, várias linhas de operadores privados passam a fazer paragem final junto à estação de metro do Dragão.

Os condicionamentos são motivados pelas obras no Mercado do Bolhão e uma série de intervenções noutras ruas do Porto, mas poderão ser a antevisão de uma “solução de futuro” que privilegia a intermodalidade e o alívio de trânsito no centro. A partir do dia 5 de Fevereiro, 13 linhas – entre STCP, Valpi, ETG, AE Martins e Pacense – vão ter alterações nos seus percursos. Os operadores privados que até aqui chegavam ao centro do Porto e ao Campo 24 de Agosto vão passar a ter o Terminal do Estádio do Dragão como limite. A STCP verá os veículos que chegavam à Rua Alexandre Braga a aparcar na Rua do Bolhão, a cerca de cinco minutos a pé.