É necessário «salvaguardar mais o cuidado da pessoa que o lucro»

0

O Papa afirma na Mensagem para o Dia Mundial do Doente que os cuidados de saúde exigem “profissionalismo e ternura” e pede às instituições de saúde católicas para “salvaguardar mais o cuidado da pessoa que o lucro”.

“A dimensão da gratuidade deveria animar sobretudo as estruturas de saúde católicas, porque é a lógica evangélica que qualifica a sua ação, quer nas zonas mais desenvolvidas quer nas mais carentes do mundo”, escreve o Papa na mensagem publicada pela Sala de Imprensa da Santa Sé. pressa”.

PORECCLESIA