2019

0

Impressões da Terra Brasilis

A menos de três horas para a virada do ano fico a recordar eventos distantes e fatos recentes. Há mais de meio século estávamos na área de minha avó paterna. Eu era o caçula de então, aquele a quem os primos mais velhos têm quase a obrigação de engambelar. Descreviam que um velhinho se despedia e que podiam vê-lo no céu, ainda que de forma fugaz. Atendia pelo nome Ano Velho. Aguçava os olhos e a imaginação para tentar discernir no céu estrelado uma figura caduca, como estas que representam o ano velho nas charges.

Deve iniciar sessão para continuar a ver este conteúdo...Por favor . Ainda não é Assinante? Associe-se!