Em ano de eleições, Marcelo Rebelo de Sousa pede exigência aos eleitores e quer políticos mais confiáveis

0

Credibilidade dos políticos, eleitoralismo, agitação social, populismo e o muito que ainda falta fazer no país. Em cerca de 7 minutos, na tradicional mensagem de Ano Novo, foram estas as preocupações transmitidas por Marcelo Rebelo de Sousa, que traçou um mapa de exigências não só para os políticos (para quem não foi poupado nos avisos), como também para os eleitores. Afinal, há três eleições importantes neste ano que agora começou e a responsabilidade pelo que vier a acontecer a médio prazo no país tem de ser dividida entre as duas partes.