Bispo de Angra pede respeito pela pessoa na construção da paz

0

O Bispo de Angra pediu urgência na construção de uma “cultura que respeite e edifique a pessoa e a sociedade”, com vista à edificação de uma “verdadeira construção da paz”.

“Em cada ano que começa, com a esperança que se renova, devemos lançar um olhar global a todo o ser humano e observar atentamente o conteúdo que integram os direitos humanos que devem ser salvaguardados a todo o cidadão”, escreve D. João Lavrador na mensagem para o Dia Mundial da Paz, assinalado no dia 1.