Khashoggi: Parlamento Europeu pede a aliados para não venderem armas à Arábia Saudita

3

O Parlamento Europeu pediu aos Estados-membros da União Europeia que imponham um embargo de armas à Arábia Saudita, após o homicídio do jornalista Jamal Khashoggi. A resolução, aprovada por 325 votos a favor, um contra e 19 abstenções, nota que “o controlo absoluto exercido por Mohammad Bin Salman Al Saud [príncipe herdeiro da Arábia Saudita] sobre os serviços de segurança torna altamente improvável que uma operação tivesse sido conduzida sem o seu conhecimento”.