Casas dos pobres de Paço de Sousa taxadas com imposto “de luxo”

0

De há dois anos para cá, a Fábrica da Igreja Paroquial de Paço de Sousa viu-se obrigada a pagar Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) sobre as casas dos pobres, património construído em meados do século passado, pelo Padre Américo, para ajudar famílias carenciadas. Agora, essas casas, juntamente com as salas da catequese e o salão paroquial, foram tributadas ainda com um imposto adicional sobre o IMI, o AIMI, também conhecido como imposto “Mortágua”, aplicado a bens de luxo.