Trabalho dos Nobel da Medicina já tem aplicação clínica também em Portugal

0

O coordenador do Programa Nacional para Doenças Oncológicas, Nuno Miranda, explicou à agência Lusa que o trabalho distinguido com o Nobel da Medicina veio permitir que, na prática clínica, sejam estimuladas as defesas do próprio doente contra células oncológicas.

Segundo o especialista português, o norte-americano James P. Allison e o japonês Tasuku Honjo descobriram “uma espécie de travão” nas células do sistema imunitário e que é activado pelas células cancerígenas.