Papa deseja «nova fase» nas relações com a China

0

O Papa Francisco disse no Vaticano que o acordo com Pequim sobre a nomeação dos bispos católicos representa uma “nova fase” nas relações com a China, anunciando uma mensagem a toda a Igreja, sobre este tema.

“Decidi dirigir aos católicos chineses e a toda a Igreja universal uma mensagem de encorajamento fraterno, que será publicada hoje. Com ela, desejo que se possa abrir uma nova fase na China, que ajude a curar as feridas do passado, a restabelecer a manter a plena comunhão de todos os católicos chineses e a assumir com renovado empenho o anúncio do Evangelho”, disse, no final da audiência pública semanal que decorreu na Praça de São Pedro.