Canadá retira cidadania honorária a Aung San Suu Kyi

0

Os deputados canadianos aprovaram, por unanimidade, uma moção para revogar a cidadania honorária concedida à líder do Governo birmanês, Aung San Suu Kyi, pela sua recusa em denunciar “o genocídio” da minoria muçulmana rohingya.

A também Prémio Nobel da Paz, que é primeira conselheira de Estado (equivalente ao cargo de primeira-ministra) do Governo de Myanmar, antiga Birmânia, tinha recebido a cidadania canadiana honorária em 2007, quando vivia ainda em prisão domiciliária no seu país.

PORRENASCENÇA