«O mais surpreendente nisto tudo é que não morreu a esperança» – Bispo de Coimbra

0

O bispo de Coimbra presidiu a uma Missa em memória das vítimas dos incêndios que deflagraram há um ano em Pedrógão Grande e afirmou na homilia que quem viu a destruição à frente não deixou a esperança morrer. “O mais surpreendente nisto tudo é que não morreu a esperança nestes homens e mulheres que viram a destruição à sua frente, sentiram a morte tocar a sua família e experimentaram a noite bem escura”, disse D. Virgílio Antunes.